Perguntas frequentes sobre alimentação natural

Porque é que o peixe é um bom ingrediente na dieta de um cão/gato?

O peixe é uma excelente fonte de proteínas de alta qualidade. A carne do peixe contém iodo e as suas espinhas são uma fonte de cálcio e fósforo.

O peixe costuma ser classificado em dois grupos: o peixe branco (pescada, bacalhau, carapau, badejo, linguado) e o peixe gordo ou azul (arenque, sardinha, cavala, atum, salmão e truta).

A carne do peixe azul ou peixe gordo contém vitaminas A e D e é rica em ácidos gordos essenciais ómega-3. O peixe é, portanto, um ingrediente excelente para a alimentação de cães e gatos.

Porque é que os gatos gostam tanto de peixe?

O gato é um animal carnívoro que conserva muitos hábitos alimentícios do seu antepassado africano. Desta forma, os gatos comem várias vezes durante o dia, em pequenas quantidades, o que guarda certa similitude com o gato selvagem e a sua alimentação diária à base de pequenas presas de caça. Pequenos roedores, coelhos, e em menor quantidade, pássaros, répteis, rãs e insetos. Os gatos sentem-se atraídos por certas texturas e aromas que são o reflexo das características nutricionais do alimento. São atraídos por alimentos húmidos e ricos em proteínas e aminoácidos livres. Por isso é normal pensar que podem comer e que gostam do peixe quando lhe é oferecido.

Para além disso, o peixe é uma excelente fonte de proteínas e aminoácidos, como a taurina, que é essencial para os gatos uma vez que o seu corpo não a pode sintetizar, e que é necessária para a correta função neurológica, do coração, da visão (retina), da reprodução e do sistema imunitário.

Que benefícios aportam os cereais na dieta do cão?

Os cereais proporcionam uma quantidade importante de carboidratos juntamente com proteínas e outros nutrientes como vitaminas. Da mesma forma que os gatos, os cães não têm nenhuma necessidade absoluta de carboidratos, ainda que esta afirmação seja válida para a maioria dos mamíferos. Mesmo assim, os carboidratos têm um papel importante como fonte de energia facilmente digerível e disponível nas células e órgãos dos cães.

Existem estudos genéticos em cães que demonstram a presença de genes que codificam enzimas responsáveis da digestão do amido ou carboidratos, genes que não estão presentes no lobo. Isto explicaria que uma das chaves da domesticação do cão foi a sua adaptação a uma dieta rica em carboidratos (Axelsson, 2012).

Os carboidratos das variedades True Instinct Original são aportados por cereais integrais como a cevada, o arroz integral ou a aveia.

Que benefícios aportam os cereais integrais na dieta do gato?

Os cereais integrais proporcionam uma quantidade importante de carboidratos juntamente com proteínas e outros nutrientes como vitaminas. Mesmo não tendo nenhuma necessidade absoluta de carboidratos, estes representam uma excelente fonte de energia facilmente digerível e que é utilizada por células e órgãos do seu corpo de maneira muito eficiente.

Os carboidratos das variedades True Instinct Original são aportados por cereais integrais como a cevada, o arroz integral ou a aveia.

Que benefícios aporta para a saúde do cão/gato um produto elaborado com cereais integrais (arroz integral, aveia e cevada)?

True Instinct de Nature’s Variety incorpora como novidade o arroz integral, a cevada e a aveia que contribuem para uma alimentação saudável e natural para cães e gatos. Ao ser cereais inteiros, que não sofreram o processo de refinamento, conservam a maioria dos seus nutrientes e têm uma percentagem maior de fibra solúvel, que impacta positivamente na flora intestinal.

Em concreto:

O arroz integral é uma fonte rica em carboidratos com menos calorias que o arroz branco. Contém minerais e vitaminas que ajudam à manutenção da função imunitária, e como componentes dos sistemas antioxidantes do organismo. Ao ser inteiro conserva o gérmen e o salvado, que aporta fibra que ajuda a regular o trânsito intestinal.

A cevada e a aveia inteiras também aportam proteína e carboidratos, mas são especialmente interessantes pelo tipo de fibra que contêm. Esta fibra estimula o desenvolvimento da flora intestinal benéfica e contribui para uma melhor digestão e saúde intestinal. A aveia por seu lado tem um efeito antioxidante e anti-inflamatório, responsável de muitos dos efeitos positivos conhecidos da aveia sobre a pele.

Que aportam as sementes de linho ao meu cão/gato?

As sementes de linho têm um alto conteúdo em gordura e constituem a fonte vegetal mais rica em ácidos gordos ómega-3, essenciais para cães e gatos, e que contribuem para melhorar de forma significativa o aspeto da pele e do pelo do animal. Também contêm ácidos gordos ómega-6, ainda que em menor proporção.

Adicionalmente, as sementes de linho são uma fonte de fibra muito interessante, para além de conter antioxidantes naturais.

Que aporta o azeite de peixe ao meu cão/gato?

O azeite de peixe é uma excelente fonte de ácidos gordos ómega-3, entre eles EPA, que têm um papel fundamental na resposta imune e DHA que contribui para um correto funcionamento do cérebro e da visão.